Sou fã!!

GeekCats

Lembre-se:

um cão vive muito, pratique a posse responsável, vacine-o, fique atento à sua saúde e, principalmente, leve-o ao vet e dê o remédio que o seu vet indicar! Nada de ficar dando remédios caseiros ou seguindo receitas malucas indicadas por leigos! Você faria isso se o doente fosse você? Se não tem paciência para um cão, mas quer muito um, compre um de pelúcia: sai bem mais barato!

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Alvinho, o perigote das cadelinhas!


Oi, gente! Hoje temos novidades: Alvinho foi pela primeira vez ao agility!! Bom, o treino do agility deixou meio a desejar! O treinador simplesmente não falou conosco, falou com todo mundo, menos conosco! Sinceramente, achei meio grosseiro! E, mais sinceramente ainda, se terça que vem ele não der atenção ao Alvinho, eu não sei se volto mais, porque eu não vou pagar R$30,00 por dia para o Alvinho se socializar, isso ele faz de graça pelas ruas!!

Mas, a despeito desse bola fora, foi bem legal! Alvinho pulou obstáculos(claro que na altura que até um chihuahua ancião pulava!! Bastava estar um pouco mais alto para ele passar por baixo(e derrubar o obstáculo)!! Além disso, passou por dentro do túnel!! E o mais legal é que o 'agrado' para ele passar pelo túnel era eu!!!

ALvinho chegou lá bem tímido... tímido e cansado, pois havia andado pra burro! Cerca de uma hora! Chegando lá, rapidamente tornou-se o centro das atenções caninas e isso o intimidou um pouco! Percebendo que ele estava desconfortável, resolvi fazer aquilo que ele mais gosta! Levei-o para correr! Corremos apenas uns poucos metros, mas logo ele se sentia mais confiante e quando voltamos ele já estava com outra postura!

Foi quando Lili(uma pastor de shetland) apareceu! Na verdade, ele estava um pouco ressabiado, mas quando ela o cheirou lá(e não foi por onde sai o número 2), ele descobriu o mundo!! Dali a pouco apareceu Asteca( uma bull terrier branca) e Nina (uma bull terrier preta e branca)!! Todas começaram a tentar uma aproximação com aquele lindo louro-moreno! Huck(um poodle) ficou enciumado, mas até ele se rendeu ao magnetismo animal de Alvinho!! Fiquei muito satisfeita por ver que Alvinho não ameaçou ninguém de morte e nem foi ameaçado por ninguém! Fiquei meio decepcionada quando ele começou a lamber a piriquita da Asteca, porque eu gostei mais da Lili, mas fazer o quê, né? Lili ficou sendo excessivamente altiva, mostrando os dentes quando ele tentava cheirá-la lá, acabou presa na torre de marfim e Alvinho foi atrás de uma mais fácil(e põe fácil naquilo!)!!

Na volta, tudo ia bem até que ele sentou no chão e disse que não dava mais um passo! Resultado? Acabou no colo dessa que vos escreve por uns 50 metros! Depois eu capitulei e disse que ele ia ter de continuar andando! Aí o safado andou!

Relatório fisiológico: ele fez caquinha(recolhida e posta no lixo devidamente enjornalada e ensacada), mas não fez uma gota de xixi!! Aliás, na ida ele fez... na escada, bem nos degraus amaldiçoados! Não sei o que eles têm, mas é a segunda vez que temos de limpá-los por causa de xixi!!

Bom, é isso! Terça que vem(se eu ainda estiver viva), eu conto como foi a segunda aula!!

Lambs

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

domingo, 21 de novembro de 2010

Alvinho, o filme

video

Não esqueçam a pipoca!!

Dormindo após o passeio...

Hoje fui ao mercado com minhas mamis, mas elas não compraram nada, nem mesmo biscoitos para mim humpf!

video

Peguei um pouquinho de sol, corri, aterrorizei o pessoal do ENADE, fui aterrorizado por eles, derrubei a água do pote, foi a gota d'água, disse mamãe!!


quarta-feira, 17 de novembro de 2010

O sapo azul


Eu tinha dito no Twitter que no próximo post falaria sobre pulgas, mas o passeio de hoje merece um comentário.

Hoje caminhamos por mais ou menos 1 hora e meia!! Fomos até o sapo azul, passamos pela Berta, vi muita gente e muita gente me viu! Não fiz novos amigos, porque sou um sujeito reservado. Uns cães estranhos tentaram cheirar minha bunda, mas a mamis receou e não deixou, porque eles não eram uns tipos muito confiáveis!

Também quase acabei com um casamento!! Uma cadelinha estava sendo assediada por dois tipos suspeitos e quando me viu encantou-se pelas minhas madeixas louras! Queria abandoná-los em pleno altar e vir para meus braços, mas Pat logo avisou que é muito jovem para ser avó e mandou a fulaninha ir procurar outro trouxa em quem dar o golpe da barriga!

Quase entrei numa igreja evangélica, mas acho que eu não ia ser muito bem-vindo lá.

Cheguei em casa apertado para fazer pipi e beber água, além de comer, porque as desalmadas não me deram comida antes de sair :(

Enfim, foi um dia legal, mas agora me dêem licença que eu vou descansar...

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Law & Order na pracinha!



Hoje o papo é sério, meus cãopanheiros de vida virtual. Saímos mais cedo para nosso passeio diário e, como hoje eu estava mais corajoso do que o normal, fizemos um passeio mais longo, até uma praça. Nessa praça é permitida a entrada de cães... na guia! Entrei todo faceiro e logo vi um cãopanheiro... solto! Pelo que percebi, o fulaninho era de boa paz, mas e a proibição? É lei municipal, não é uma proibição de alguém que não gosta de focinhos molhados!

Pat não foi bater papo com o dono do cão, porque temia que de repente, num gesto não fui com a tua cara, o canis sapecas me atacasse. Afinal, quantas vezes um cão aparentemente boa praça muda de gênio e morde algum desavisado? Demos uma volta pela pracinha, eu fui curtindo tudo, mas Pat não tirava os olhos do fulaninho, temendo uma aproximação. Nisso chega um fulano grandão(o primeiro cão não era pequeno, era do tamanho de um labrador, talvez um pouco menor, mas mais ou menos por aí), aparentemente um fila brasileiro. Diga-se de passagem, um fila meio covardão. Logo enfiou a cola entre as pernas, quando o outro veio cheirá-lo. Inspirado pela ação do primeiro dono, o segundo soltou o fila da coleira e os dois cães ficaram numa espécie de ballet do cheira bunda.

Nisso, já eram dois cães soltos! A Pat é má e por isso não me soltou? Claro que não, ela bem que gostaria de me ver correndo com as orelhas ao vento, mas nós vivemos num país de regime democrático, não anárquico! E mesmo na anarquia deve haver leis a respeitar, caso contrário deixa de ser anarquia e vira bagunça no duro!

Quando eu cheguei aqui em casa, Pat logo me disse: teu direito acaba quando Vittorio e Isaura rosnam! Ou seja, há limites que devemos respeitar! Ninguém é obrigado a me achar lindo(embora eu seja lindo!) e muito menos é obrigado a gostar do meu focinho gelado na sua bunda!! Por isso a coleira e a guia são fundamentais! São elas que garantem que eu só cheirarei aqueles que implorarem para serem cheirados!

Devemos lembrar também que nós cães somos imprevisíveis! E se, ao depararmos com alguém de cheiro ruim, resolvermos morder? Ou: e se ao corrermos em direção a uma criança de uns 2 anos a coitada se assustar e cair de boca numa pedra? Quem se responsabilizará pelos gastos médicos? E o trauma? Cicatrizes na alma duram mais do que as no corpo!

Se algo assim acontecesse, rapidinho os inimigos dos cães conseguiriam barrar nossa entrada na praça e, então, por causa de um meliante, dezenas de centenas de cães respeitadores da lei ficariam sem o seu lazer!

E você, amigo leitor? O que acha?

Bom, mudando de assunto: hoje andei por mais ou menos 1 hora(preciso começar devagar para aquela enferrujada da Pat se acostumar), andei por várias quadras, fiscalizei as barracas dos camelôs da visconde de uruguay(não encontrei nenhuma droga além dos brinquedos do paraguay). Não fiz xixi nem cocô na rua, porque sou um cão educadíssimo, estudei no jardim de infância de Harvard!!

Lambs e até o próximo post!

Alvinho

domingo, 14 de novembro de 2010

Gases



Oi, pessoal, venho aqui dividir com vocês um problema gravíssimo! Meus gases! Pat vem reclamando sucessivamente a respeito deles; outro dia, disse-me para começar a rezar 3 aves-marias por dia, porque, pelo cheiro da carruagem, ela me aconselha a tentar salvar a alma. O corpo, na sua opinião, já está podre!

Muito má! Onde já se viu?? Eu devia dar-lhe uma mordida! E aí amigos: vocês também se sentem incompreendidos pelas suas manas??

Falando nisso, alguém sabe de um remédinho para gases? Porque eu não consigo decorar a oração...

Lambs

P.s.: Hoje não teve passeio! :(

sábado, 13 de novembro de 2010

Porque non te callas?



Alguém pode me explicar por que um cão que sempre foi quietinho quando não ia à rua agora que conquistou a rua não cala mais a matraca??? Ainda bem que pelo menos perdeu a mania de ameaçar as pessoas de morte!!

Hoje foi uma tarde emblemática!! Após meses, encontramos o vizinho peçonhento e, pasmem, o Alvinho nem deu bola para a cara feia que o filhote de cruz credo fez!!!

Além disso, Alvinho hoje espantou o primeiro cão de rua! Não que o Alvinho tenha feito cara feia; o outro é que o avistou à distância e mudou o rumo para não encontrá-lo!!

Beijos,

Pat(entrei escondida)

Corra, Alvinho, corra...



Vejam o que é a vida, até dois dias atrás minha vida se resumia a sacada-quarto-sacada-sala-sacada. Ante-ontem, como já contei aqui, Pat criou coragem para me levar à rua para passear. Ontem, saí duas vezes! De manhã e à noite!!

De manhã foi um passeio normal, coisa a que já estou acostumado, mas à noite ela e a mamis me levaram ao supermercado!! Logo pensei: vão me fazer carregar as compras! Mas, como o mercado estava cheio, mamis não comprou nada e eu voltei de patas abanando!

Num determinado trecho, como eu não gosto de atravessar as ruas, Pat me colocou para correr! Fomos correndo, correndo e, quando vi, já havia atravessado a rua!! Chegamos a uma praça com cheiros muito bizarros e lá ficamos, esperando a mamis! Dali a pouco ela chegou e o poste começou a falar! Não, não foi discurso vocês sabem de quem(não posso falar o nome para evitar processos, censura etc.), foi o poste, mesmo, o do sinaleiro! Existe uma mulher presa dentro dele que nos dá bronca se tentamos atravessar antes que o sinal abra!!

Com a mamis junto de nós, Pat quis usar a mesma estratégia para me enganar, mas eu não sou trouxa, não!! Finquei o pé no chão e ali fiquei! Ela teve de me atravessar a rua no colo! Que mico!! Outro dia escreverei um post sobre os micos que essa nova atividade está me obrigando a pagar!! Daqui a pouco, farei uma prestação de micos, porque serão tantos que não conseguirei pagá-los à vista!!

Começamos a correr de novo e eu peguei gosto pela coisa! Tanto que pensei em engatar uma 5ª, mas Pat não deixou, aquela molenga!!

Hoje de manhã, corremos de novo! Ela ia me levar para conhecer um pessoal numa tal de sapo azul(alguém já viu um sapo azul? Bom, eles existem em tantas cores que até deve existir um azul!!), mas como ameaçava chuva, voltamos para casa. Para compensar, corremos mais um pouco, mas não o suficiente para me cansar!! hehehe

Ontem, ela chegou com uma tal de Scalibor, excalibur, sei lá. Pensei logo no que eu iria fazer com uma espada, mas ela me pôs uma coleira...




Para terminar, hoje, quando estava descendo, encontrei um vizinho novo e adivinhem!!!! Nem dei bola!!

Lambs,

Alvinho!!

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

O primeiro passeio a gente nunca esquece!

Ontem, pela primeira vez, saí de casa para passear! Claro que a Pat não quebrou a regra e eu acabei levando uma espetada, mas mesmo assim valeu à pena!

A emoção de sentir cheiros novos, texturas diferentes sob as minhas patinhas, ouvir sons aos quais eu já estava relativamente acostumado de um novo ângulo e, principalmente, ver que de perto aquelas coisas que andam pelas ruas são bem maiores e assustadoras!!

Já há alguns dias Pat vinha me ajudando a criar coragem, descendo comigo alguns lances de escada, mas ontem nós criamos coragem e saímos à rua. Nós, porque ela também tinha medo! Ela temia que eu pirasse diante de um monte de gente nova, como faço com aquelas que vêm à minha casa... mas eu fui um lord, nem dei bola para a plebe que se juntava ao meu redor e exclamava coisas como: 'Nossa, que cachorro lindo! Será que foi muito caro? Mamãe, eu quero um desses para mim!!! Eu quero dois!!!' Fui adiante, sem olhar para trás, cheirando meu novo território!

Logo percebi que esse território não podia ser apenas meu, porque era um mundo deveras grande para eu dominar, então, como manda a etiqueta, eu não xixizei nada! Mas fiz uma caquinha bem em frente da clínica!! Minhas mães, naturalmente, recolheram tudo!!

Caminhamos mais alguns metros e mais a frente, deparei-me com a maior ave jamais vista por esses belos olhos castanhos leais! Parecia um papagaio, mas devia ter bem mais de 2 metros de altura! Nossa, não sabia se tinha mais medo dos carros ou dele! Vai que ele resolvesse me bicar? Uma bicada daquelas me arrancaria a cabeça fora!!

Chegamos no vet! Mais uma visita, mais uma agulhada! Dessa vez foi o reforço da vacina contra leptospirose! Nem doeu e eu vi uns gatos aprisionados numa caixa! Uns tipinhos simpáticos, tentei fazer amizade, mas a Pat não gostou de ser arrastada de trenó e me puxou de volta, aquela chata! Me disse que eles estavam doentes! Mais um motivo para eu visitá-los: precisavam de uma palavra amiga e quem é mais amigo dos gatos do que eu?!

Hoje saímos de novo, mas Pat não pode contar a estória agora porque precisa secar uma coisa chamada louça... vá entender!

Lambs e até a próxima!

p.s.: hoje conheci uns caras brabos, chamados PM's! Ficavam parados na esquina, estacionaram o carro em cima da calçada e fizeram cara de donos do pedaço! Vou ficar bonzinho para ver se me aceitam no batalhão canino! Já me imaginaram perseguindo o snoopy??